Vacina contra o Sarampo está disponível para jovens e adultos de 20 a 29 anos em Rondônia


Os casos de surtos de Sarampo no país colocam em alerta a saúde pública. A primeira etapa de vacinação contra a doença, que se manifesta por meio de febre, coriza, manchas na pele e tosse, teve início em outubro deste ano, dos dias 7 a 25, e foi direcionada especificamente ao público infantil (seis meses a menores de cinco anos).  Já a segunda etapa ocorre desde o dia 18 de novembro com encerramento previsto para o dia 30 (o Dia D), quando acontece grande mobilização por iniciativa da Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa), em parceria com demais secretarias e com o município.

“No dia 30 faremos uma grande mobilização em todo o estado em alusão ao encerramento da campanha de vacinação contra o Sarampo. A expectativa é alcançar o maior número de jovens, aumentando nossa rede de proteção”, destacou Arlete Baldez, gerente técnica de vigilância epidemiológica da Agevisa.

 

Segundo ela, em 2018, foram registrados quatro casos de sarampo em Rondônia, após contágio em Manaus que até o começo deste ano enfrentava surtos da doença. Após a descoberta dos casos, rapidamente as vítimas foram atendidas, o que possibilitou a eliminação do vírus.

Em 2019, até o momento, nenhum caso de sarampo foi registrado, o que a gerente técnica considera como uma vitória para a saúde pública de Rondônia. “Nós estamos felizes pelos resultados alcançados, mas conseguir vacinar nesta segunda etapa uma enorme quantidade de pessoas é de grande importância, e estamos preparados para receber a população”, afirmou.

Todas as unidades de saúde já estão abastecidas e realizando a vacinação. A gerente acrescenta, ainda, que todos podem se vacinar, independente da idade, embora essa etapa seja voltada para o público específico de jovens e adultos.

Texto: Anayr Celina
Foto: Frank Nery
Fonte: Secom – Governo de Rondônia


Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*