PC deflagra operação na comunidade Pedras Negras e prende 04 pessoas em São Francisco do Guaporé


Polícia Civil de São Francisco do Guaporé, com apoio das Delegacias de Polícias de Alvorada do Oeste e Costa Marques, bem como do 1º Pelotão Especial de Fronteira (1º PEF) do Comando de Fronteira Rondônia e 6º Batalhão de Infantaria de Selva (6º BIS) do Exercito Brasileiro, deflagraram na manhã da última sexta-feira (11/10/2019), a operação denominada Black Stones II, na Comunidade Quilombola de Pedras Negras, em São Francisco do Guaporé. 

Foram cumpridos 04 (quatro) mandados de prisão preventiva e 01 (uma) busca e apreensão de menor, além de busca e apreensão na residência e pousadas dos investigados.

A operação investigou a prática do crime de homicídio ocorrido na região no início do ano de 2019, onde o morador e quilombola Emílio Paes Neto, foi friamente assassinado em Pedras Negras, Comunidade Quilombola de São Francisco do Guaporé (RO). Na ocasião, os envolvidos simularam um suposto suicídio da vítima. Contudo, após meses de investigações pela equipe do SEVIC de São Francisco do Guaporé fora possível confirmar que na verdade Emílio havia sido morto, tendo como suspeitos dos fatos os investigados.

Os investigados são suspeitos de matarem a vítima para se privilegiarem na concorrência do comércio de pousadas da região de Pedras Negras, município de São Francisco do Guaporé, bem como por motivos extraconjugais.

Durante o cumprimento do mandado de prisão dos envolvidos foram localizados ainda 02 (duas) armas de fogo, bem como diversas munições, dentre elas do calibre restrito .762, sendo preso 03 (três) pessoas pela prática dos crimes de posse e porte ilegal de arma de fogo.

Ademais, fora presa uma ex-companheira do investigado na cidade de São Francisco do Guaporé e cumprido buscas em sua residência, por uma equipe de Policiais Civis.

Além disso, fora encontrado na residência de um dos suspeitos, 05 (cinco) tartarugas nativas da região, as quais estão no período de procriação. As tartarugas foram soltas pelos Policiais Civis na ocasião e o responsável pelos animais foi preso e encaminhado a Delegacia de Polícia Civil de São Francisco do Guaporé para as devidas providências. Com informações e fotos Assessoria Polícia Civil de Rondônia

Fonte: Correio do Vale


Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*