Barco Hospital leva assistência médica e odontológica às comunidades ribeirinhas do Vale do Guaporé


A Unidade de Saúde Social Fluvial Walter Bártolo, o chamado Barco Hospital, que atende comunidades ribeirinhas, indígenas e população quilombolas do Vale do Guaporé, está em sua 15ª missão levando atendimentos odontológicos, clinica geral, teste rápido, assistência social, emissão do cartão SUS, farmácia, coleta de preventivo, pré-natal, vacinação em animais, exames laboratoriais, e vacinação.


O Barco Hospital que fica ancorado em Guajará-Mirim, saiu em missão no dia 4, fazendo o primeiro atendimento na comunidade de Deolinda, e seguindo para Barranquilha, Soltério, Ricardo Franco, e Surpresa, onde ficará por quatro dias, devido à demanda de pacientes que é maior, com previsão de volta no dia 20.
O barco ancora nas comunidades, aonde grande parte dos moradores vai até ele a procura de atendimentos, em alguns casos a equipe médica vai até a casa dos pacientes. “Ás vezes chegamos a alguma comunidade e encontramos pacientes que não tem condições de chegar até Barco, nossa equipe vai à casa, realiza consulta, coleta o material para exames, fazemos medicação, se necessário, entregamos remédios, fazemos tudo o que faríamos no Barco, para atender o paciente”, disse o coordenador Giovani Guastala.
O Cacique Genivaldo Macurap, tem sete filhos, uma de suas filhas não estava bem. “O Barco Hospital chegou numa hora boa, minha filha estava passando mal há dois dias, ela já foi atendida e medicada, caso contrário teríamos que ir até Guajará em busca de atendimentos, o que demora de 2 a 3 horas de lancha até a cidade”, afirmou o Cacique.
Cassiane Canoé está grávida de quatro meses, aproveitou a parada do Barco Hospital para iniciar o pré-natal. “Todas as vezes que o barco passa por aqui, sempre faço algum tipo de atendimento, faço tratamento odontológico, e agora comecei o pré-natal, acho boa a vinda do barco até nossa comunidade, assim não temos que ir até Guajará”, afirmou.
“Cada missão, nossa expectativa aumenta, sempre queremos bater o recorde de atendimentos. A localidade de Surpresa, onde tem 450 famílias, é o local onde temos maior número de atendimentos, por isso ficamos mais dias”, destacou o coordenador do Barco Hospital, Giovani Guastala.
Para a coordenadora da Gerência em Programas Estratégicos em Saúde (GPES), Annelise Medeiros, o Governo do estado vem investindo recursos no Barco Hospital, para que possa cada vez mais qualificar os atendimentos. “Essa ação é muito importante para esses moradores de difícil acesso a saúde, esperamos atender o maior numero de pessoas possível nessa 15ª missão”, disse a coordenadora.
O Barco Hospital além de levar os atendimentos, conta com as ambulânchas para atender qualquer urgência.
Fonte: Secom – Governo de Rondônia


Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*